Orlândia, 18 de Dezembro de 2017
    Programação
    Visitantes Online
    31 usuários online
    Gazeta no Smartphone
    Enquete
    Enquete ajax
    Gazeta no Facebook
    Notícias
    Região registra aumento de 38% em ocorrências de estupros.
    28/11/2017 - 10:29

    O aumento de 38,23% nos estupros são dados divulgados nesta segunda-feira (27) pela Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP/SP).
    As 93 cidades que compõem a área de cobertura do Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior (Deinter) 3 fecharam o mês com 94 ocorrências, diante de 68 registradas no mesmo período do ano passado.
    De janeiro a outubro, a região registrou 794 crimes, o que representa uma média superior a dois casos por dia e uma elevação de 16,9% no acumulado do ano em relação a 2016.
    Na região também acabaram em alta as tentativas de homicídio, com 37 ocorrências - 54% a mais do que em outubro de 2016, e os roubos de carga, com 28 casos - 33% de elevação.
    Homicídios dolosos, ou seja, com intenção de matar, latrocínios, roubos em geral, roubos e furtos de veículos acabaram o período em queda.

    Ocorrências policiais na região de Ribeirão Preto

    Crime

    2017

       2016  

      Variação (%)

    homicídio doloso

    21

    24

    -12,5%

    tentativa de homicídio

    37

    24

    54,16%

    latrocínio

    1

    5

    -80%

    estupro

    94

    68

    38,23%

    roubo em geral

    706

    774

    -8,78%

    roubo de veículos

    111

    139

    -20,14%

    roubo de cargas

    28

    21

    33,3%

    furto de veículos

    405

    599

    -32,3%

    Fonte: SSP/SP

     Estupros em alta
    Os estupros foram alavancados por cidades como Franca (SP), que fechou o mês passado com nove registros - diante de 5 no mesmo período do ano anterior - e 61 desde janeiro, o que representa uma alta de 27%.
    Embora tenha tido queda pontual em outubro, com seis ocorrências, Ribeirão acumula 99 crimes de violência sexual desde o início do ano, 28,5% a mais do que no ano passado.
    Municípios com população abaixo dos 100 mil habitantes também contribuíram com proporções próximas. Além de Bebedouro (SP), com cinco estupros, cidades como Morro Agudo (SP) e Pontal (SP) fecharam outubro com quatro casos de abuso cada.
    Barrinha (SP), Guaíra (SP), Ipuã (SP) e Taquaritinga (SP) terminaram o mês com três denúncias de violência sexual respectivamente.